3+1 DIY pra se inspirar pro Carnaval!♥

Carnaval tá chegando e eu já tô mega animada pra ir comprar acessórios pra confeccionar meus looks pros bloquinhos™ daqui de SP.
Aliás, na sua cidade tem Carnaval de rua?
Você ama ou é #TeamNetflix?

Bom, pra quem ama a festa, fica aqui a dica de 4+1 DIY bem lindjos que encontrei no Youtube pra se inspirar a brilhar muito nesse feriadão que tá chegando!

DIY 50 IDEIAS PARA O CARNAVAL | Sorvete, Donut, Hambúrguer, Batata frita e Brigadeiro!
Olha que fofura esse vídeo!
Com certeza o mais fácil e legal de todos que esbarrei. Além disso, dicas bacanas e produtos super em conta!

DIY Carnaval de ÚLTIMA HORA!!! Penteados, acessórios e Looks de última hora!!
A partir do minuto 4:00, acessórios fáceis, desses que até uma pessoa com duas mãos esquerdas (como eu), consegue deixar lindo!

DIY FANTASIA DE PIRATA PARA O CARNAVAL
Você quer uma fantasia de TRÊS peças, linda, confortável e bem fácil, @?
Então, toma!

GLITTER NO ROSTO E NO CORPO | truque pra durar horas
Nem preciso falar que esse vídeo é utilidade pública, né?!
Glitter no Carnaval é quase que OBRIGATÓRIO!

*

Se inspirou?
Tem alguma outra dica pra mim?
Me conta nos comentários!

beijos ♥

Anúncios

As músicas do Carnaval 2018! ♥

Não é que o Carnaval de 2018 já tá aí batendo na porta?
E como eu AMO a maior festa do mundo, não podia deixar de falar sobre os HITs que eu acho que vão estar em todos os bloquinhos, festas de rua e bagunças por aí.
Por isso, separei as 6 músicas que eu aposto que vão tocar até não conseguirmos mais ouvir (‘Despacito’ oi?).

‘Vai Malandra’ – Anitta ft. Maejor, Tropkillaz, Mc Zaac e Dj Yuri Martins

‘Amar, Amei’ – Mc Don Juan

‘Que Tiro Foi Esse?’ – Jojo Maronttinni

‘Permanecer’ – Lucas Lucco ft. Mc G15

‘Bum Bum Tam Tam’ – Mc Fiotti

‘Rabiola’ – Mc Kevinho ft. Léo Santana

*

Você ama funk e vai amar as músicas do Carnaval ou vai ser #TeamNetflix?
Me conta nos comentários como é o Carnaval na sua cidade!

beijos ♥

TAG: Doenças Literárias!

As lindas ‘Caçadoras de Spoiler’ sempre lembram de mim quando respondem alguma TAG literária (dessas que amo!) e, claro que eu respondo aqui no blog!
Sempre lembrando que vale SUPER a pena passar no blog das meninas! Ele é lindo e cheio de dicas de livros deliciosos!
giphy3
Diabete: Um livro muito doce.
‘Um Presente da Tiffany’ – Melissa Hill
O livro é tão doce que chega a ser melado. Não curti porque realmente não é muito o tipo de história clichê que faz minha cabeça, mas entra nessa TAG com certeza.

Catapora: Um livro que você leu e não lerá de novo.
‘Melancia’ – Marian Keyes
Gostei, mas amei? Não.
Daí não dá pra ler de novo.

Rinite: Um livro que você lê constantemente.
‘As Cinco Pessoas Que Você Encontra No Céu’ – Mitch Albom
Amo incondicionalmente esse livro. Amo suas passagens e acho que sempre aprendo algum novo quando o leio.
Qualquer hora faço um post todinho sobre ele e seus quotes.♥

Gripe: Um livro que se espalhou como vírus.
‘Como Eu Era Antes de Você’ – Jojo Moyes
Nem preciso falar, o filme virou filme e virou febre e virou loucura.
Eu gostei, mas acho triste.

Asma: Um livro que tirou seu fôlego.
‘Mentirosos’ – E. Lockhart
Fiquei passando mal com a trama toda.
Não posso falar muito, só deixo o conselho de: leiam esse livro!

Insônia: Um livro que te tirou o sono.
‘O Vilarejo’ – Raphael Montes
Terminei em algumas horas! Que livrão!
(Ainda não falei dele aqui no blog, mas logo saem os livros lidos em dezembro/janeiro, e falo mais dele!).

Amnésia: Um livro que você não lembra muito bem.
‘Em Outrolugar’ – Gabrielle Zevin
Eu amei quando li (faz um tempão) e depois descobri que sou APAIXONADA pela autora e tudo que ela escreve.
Quero muito reler.

Má Nutrição: Um livro que faltou conteúdo para reflexão.
‘A Lua-de-Mel’ – Sophie Kinsella
Eu realmente não curto os clichês de Sophie e depois desse livro passei a realmente acreditar que a escrita dela não é pra mim, acho vazio e clichê sim.

Doenças de Viagem: Um livro que leva para outra época/lugar.
‘Harry Potter’ – J.K Rolling
Precisei ser clichê pois: AMO MUITO!

Gastrite: Um livro que te deu uma gastura.
‘O Silo’ – Hugh Howey
Quem já leu sabe a loucura da falta de ar e claustrofobia pra quem não gosta de lugares fundos.

*
Você já leu algum desses livros?!
Amou?
Me conta tudo nos comentários!

beijos ♥

Filmes Assistidos! #36 – Parte 1

É nesse post (QUASE) mensal que eu reúno tudo o que assisti nos cinemas, zapeando o Netflix, HBO Go ou a TV atrás de filmes legais.
Como fiquei algumas semanas em casa descansando do pós-cirúrgico, deu pra ver BASTANTE coisa legal, por isso, dividi esse post em duas (ou três, ainda não decidi) partes.

Legenda de Classificação
☆☆ – Bom, mas não assistiria de novo;
☆☆☆ – Bom;
☆☆☆☆ – Muito bom;
☆☆☆☆☆ – Já quero na coleção! ♥
(Todas as sinopses são pelo ‘Adoro Cinema’).

Esquadrão Suicida (2016)

Sinopse: ‘Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem.’
Estrelinhas: ☆☆
O filme e o enredo: Eu AMO filmes com super-heróis, DC ou Marvel, pra mim tanto faz, eu tô sempre querendo acompanhar tudo o que é lançado dentro desse universo, então, imaginem minha decepção com ‘Esquadrão Suicida’?
Mesmo com uma história boa, senti o filme solto, como se tivessem faltando detalhes, como se não houvesse tido tempo suficiente pra amarrar toda a história de uma forma mais bem acabada.
O elenco: Amei as escolhas (e destaques) de Viola DEUSA Davis (‘Fences’) e Margot Robbie (‘O Lobo de Wall Street’), mas me decepcionei com o Coringa de Jared Leto (‘Capítulo 27’) e com a vilã de Cara Delevigne (‘Cidades de Papel’).
No mais, ótimas saídas cômicas com Will Smith (‘Bright’) e companhia.
Considerações finais: O longa deixa a desejar. Não traz o brilho que os vilões mereciam, esquece de introduzir e enaltecer alguns ÓTIMOS personagens e perde deixas lamentáveis no quesito comédia.
‘Esquadrão Suicida’ está disponível na HBO Go.

Pets – A Vida Secreta dos Bichos (2016)

Sinopse: ‘Max é um cachorro que mora em um apartamento de Manhattan. Quando sua querida dona traz para casa um novo cão chamado Duke, Max não gosta nada, já que seus privilégios parecem ter acabado. Mas logo eles vão ter que pôr as divergências de lado quando um incidente coloca os dois na mira da carrocinha. Enquanto tentam fugir, os animais da vizinhança se reúnem para o resgate e uma gangue de bichos que moram nos esgotos se mete no caminho da dupla.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: Que história ótima!
‘Pets’ é leve, divertido, cheio de deixas excelentes e com personagens tão fofos e cheios de personalidade, que dão prazer em assisti-los.
Considerações finais: O filme vale o tempo no sofá como entretenimento puro!

Elefante (2003)

Sinopse: ‘Um dia aparentemente comum na vida de um grupo de adolescentes, todos estudantes de uma escola secundária de Portland, no estado de Oregon, interior dos Estados Unidos. Enquanto a maior parte está engajada em atividades cotidianas, dois alunos esperam, em casa, a chegada de uma metralhadora semi-automática, com altíssima precisão e poder de fogo. Munidos de um arsenal de outras armas que vinham colecionando, os dois partem para a escola, onde serão protagonistas de uma grande tragédia.’
Estrelinhas: ☆☆
O filme e o enredo: ‘Elefante’ esteve na minha lista de filmes a assistir durante muito tempo, até que finalmente consegui assisti-lo e qual não foi minha decepção com o longa?
Lento, moroso, com uma boa proposta, mas um timing difícil, o filme me deixou ansiosa, mas sonolenta e com a sensação de que o longa é inacabado e que faltou poder e força para retratar com sutileza um evento tão forte.
O elenco: Destaque para Alex Frost (‘A Mulher Mais Odiada’).
Considerações finais: O longa é devagar, falta acabamento, falta movimento e, apesar de soar conceitual, não impacta tanto.

Doutor Estranho (2016)

Sinopse: ‘Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) leva uma vida bem sucedida como neurocirurgião. Sua vida muda completamente quando sofre um acidente de carro e fica com as mãos debilitadas. Devido a falhas da medicina tradicional, ele parte para um lugar inesperado em busca de cura e esperança, um misterioso enclave chamado Kamar-Taj, localizado em Katmandu. Lá descobre que o local não é apenas um centro medicinal, mas também a linha de frente contra forças malignas místicas que desejam destruir nossa realidade. ’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: Fazia tempo que não esbarrava com um filme do nicho ‘super-heróis’ que mexia tanto comigo!
Que história bem escrita, amarrada perfeitamente. Que fotografia e cenografia impecáveis! Que filmão!
Fora todo o enredo tão misterioso, cheio de reviravoltas e viagens maravilhosas.
O elenco: Que escolhas! Benedict Cumberbatch (‘O Jogo da Imitação’) está excelente como protagonista, mas preciso destacar Tilda MUSA DA MINHA VIDA Swinton (‘Precisamos Falar Sobre Kevin’) que está inacreditável como Ancião, um personagem tão lindx, complexx e intensx!
Considerações finais: O filme é incrível! Cheio de referência e cenas marcantes, com uma história tão boa, tão diferente dos clichês ‘super-herói’.
Vale MUITO a pipoca!

*

Já assistiu algum dos filmes acima?
Gostou ou nem tanto?
Me conta tudo nos comentários!

beijos ♥

Dica de Série: ‘Lovesick’

No último um mês e meio acabei ficando jogada na cama por conta de um procedimento cirúrgico e, graças a esse tempo, pude consumir milhares de coisas novas em matéria de séries e filmes.
‘Lovesick’ foi uma delas.

lovesick-1-temporada-uma-serie-de-humor-e-amor-01

A série, que é uma produção da Netflix, conta a história de Dylan (Johnny Flynn) que descobre ter clamídia (uma DST causada por bactérias) e precisa avisar as suas antigas parceiras sobre os testes necessários para identificação da doença.
Ao seu lado, Luke (Daniel Ings), seu melhor amigo e ‘roommate’ e Evie (Antonia Thomas), sua melhor amiga, tentam ajuda-lo na difícil missão.

Comecei a ver ‘Lovesick’ sem nenhuma indicação, só na ~orelhada~ mesmo, e não é que a série me surpreendeu?
São tantos aspectos bacanas a serem ditos: a temática que leva a uma montagem interessante pra cada episódio, poucos e bem pensados personagens que são simples e complexos, além de uma trilha sonora interessante e MUITO bem casada em cada episódio. (Se você se interessou, segue a AQUI a playlist da série no #Spotify).
Mas, preciso dizer que, meu ‘high-light’ da série vai mesmo pro tipo de filmagem próxima que eles optam por fazer, esse tipo que deixa a gente bem pertinho dos personagens, que fazem a gente se sentir parte daquele ambiente, daquela turma, daquela conversa.

A série é incrível, rapidinha e gostosa de assistir.
Ainda como bônus é uma série que remete a empatia, ao olhar e lugar do outro.
Vale a indicação.

‘Lovesick’ tem três temporadas disponíveis na Netflix!

Me conta nos comentários se você já assistiu e o que achou!
beijos♥

Música: Você tem um minuto para ouvir a palavra de Banks?

Eu com certeza já escrevi aqui no blog sobre a cantora incrível que é Banks, mas um post INTEIRINHO dedicado a ela? Acho que nunca.

A californiana que invadiu algumas rádios do país e várias do mundo com ‘Beggin for Thread’ (um musicão, aliás), conquistou meu coração mesmo depois de lançar ‘The Altar’, um álbum cheio de músicas diferentes, emponderadas e melódicas.

Sem incentivar nenhum tipo de comparação, se você gosta de Lorde e/ou Dua Lipa, com certeza vai amar o que ela faz com a voz e com sons tão diferentes num álbum cheio de personalidade, letras fortes e com uma capa tão singela e linda!
Banks_-_The_Altar(ela é toda minimalista ♥)

A sequencia de músicas é tão bem pensada, tão fechadinha em um trabalho lindo de casamento entre ritmos e tons que chega dar um quentinho no coração.
Dá pra pensar que o trabalho para por aí, mas não. Banks ainda traz pra ‘The Altar’ uma sequencia de clipes tão lindos, minimalistas e fortes e mensagens tão libertadoras que é coisa de chorar tamanha beleza e sensibilidade do trabalho. Sério.

A coisa toda é tão bem feita que parece que, de tempos em tempos, tenho uma favorita!

Se você já ouviu e amou, me conta nos comentários!
Se nem conhecia, me conta também!
Me indica cantoras tão legais quanto ela?

beijos ♥

#BookHaul: 4+1 livros que quero ler em 2018!

2018 já começou como?
Isso mesmo, comigo tentando bater uma meta INÉDITA de livros/ano: são 50 leituras variadas em autores de vários gêneros e em várias vertentes diferentes.
Como eu sou MUITO legal, vou deixar uma dica plus: no site ‘Cupom Válido’, você consegue cupons com descontos INCRÍVEIS pras maiores livrarias online dessa internet toda! Tem Saraiva, Livraria Cultura, FNAC
Pra ilustrar um pouquinho dessa lista, decidi contar pra vocês alguns dos 4+1 livros que quero ler em 2018!

Vale lembrar que: Se você tiver algum livro pra me indicar, deixa nos comentários!
Eu vou AMAR aumentar minha lista!

BeFunky Collage

‘Tartarugas Até Lá Embaixo’ – John Green
Sinopse: ‘A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto tenta lidar com o próprio transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).
Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, distúrbio mental que o afeta desde a infância –, “Tartarugas Até Lá Embaixo” tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.’

‘Mais Pesado Que O Céu’ – Charles R. Cross
Sinopse: ‘Este livro apresenta a vida singular de Kurt Cobain, o mítico líder do Nirvana, banda que revolucionou o estagnado mundo da música pop no início da década de 1990, com o lançamento do clássico álbum Nevermind. Em capítulos que evoluem em ordem cronológica, Charles Cross traça a vida de Cobain desde sua infância, quando ele morava no interior de um trailer numa cidade perdida do estado de Washington, até a conquista da fama, do sucesso e da adoração de toda uma legião de fãs. ‘Mais Pesado Que o Céu’ (Heavier Than Heaven) revela os dramas familiares que instigaram a criatividade musical de Cobain, a história da geração que moldou seu caráter e sensibilidade, detalhes do vício pela heroína, os planos suicidas e seu estranho e conturbado caso de amor com Courtney Love. Analisando relatos médicos e policiais, e cartas do próprio músico, Charles Cross também revela fatos novos sobre a saúde de Cobain, sua depressão e seus últimos dias.’

‘A Lista Dos Meus Desejos’ – Gregoire Delacourt
Sinopse: ‘Jocelyne Guerbette é uma mulher de meia-idade, que divide seu tempo entre o trabalho num armarinho, na pequena cidade de Arras, na França, e sua vida pacata com o marido. Tudo no entanto muda quando ela decide apostar na loteria e, sozinha, ganha dezoito milhões de euros.Ao se dar conta de que a partir de agora pode comprar tudo que deseja, ela se faz a pergunta: será que vale a pena? Aos poucos, sua vida mudará de forma irreversível, trazendo perigos que ela nunca poderia prever. Grégoire Delacourt desenvolve uma trama envolvente, pontuada pelo amor e o dedo do destino. Uma história luminosa, que nos instiga a revisitar a lista dos nossos desejos.’

‘Na Minha Pele’ – Lázaro Ramos
Sinopse: ‘Movido pelo desejo de viver num mundo em que a pluralidade cultural, racial, étnica e social seja vista como um valor positivo, e não uma ameaça, Lázaro Ramos divide com o leitor suas reflexões sobre temas como ações afirmativas, gênero, família, empoderamento, afetividade e discriminação. Ainda que não seja uma biografia, em Na minha pele Lázaro compartilha episódios íntimos de sua vida e também suas dúvidas, descobertas e conquistas. Ao rejeitar qualquer tipo de segregação ou radicalismos, Lázaro nos fala da importância do diálogo. Não se pode abraçar a diferença pela diferença, mas lutar pela sua aceitação num mundo ainda tão cheio de preconceitos. Um livro sincero e revelador, que propõe uma mudança de conduta e nos convoca a ser mais vigilantes e atentos ao outro.’

‘O Segredo Do Meu Marido’ – Liane Moriarty
Sinopse: ‘Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta que deve ser aberta apenas quando ele morrer. Imagine também que essa carta revela seu pior e mais profundo segredo — algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você encontra essa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo…
Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar da pequena comunidade em que vive, uma esposa e mãe dedicada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia — ou uma à outra —, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela.’

*

Deu vontade de ler algum da lista?
Amou os cupons INCRÍVEIS que deixei de dica?
Me conta tudo nos comentários!

beijos ♥

Esse é um publipost de uma marca MUITO bacana :)